sábado, março 31, 2007

Agronomia - 28; Direito - 27


Introdução:

Grande expectativa para o confronto entre o 1º e o 2º classificado do Campeonato Nacional de Honra, a Agronomia e o Direito respectivamente. O vento continuava a soprar forte e na Tapada essa situação verificava-se com mais intensidade ainda. Antes do jogo começar houve uma pequena cerimónia de homenagem aos jogadores de ambas as equipas, que levaram Portugal ao Campeonato do Mundo.

O resultado por vezes diz muito sobre o jogo e por outras vezes é uma mentira total ao que se passou efectivamente em campo. Neste caso, o resultado traduz de facto o que se passou em campo com um jogo equilibrado, onde a posse de bola no meio campo adversário foi repartida em ambas as partes já que o vento foi claramente um factor determinante, mas foi igualmente determinante a forma desconcentrada como a Agronomia entrou em campo (jogando a 1ª parte contra o vento) contrastando com a forma como o Direito entrou no jogo. Valeu à Agronomia a excelente reacção na 2ª parte, que apesar de estarem com o vento a favor, foram muito mais agressivos no ataque e na defesa, mas valeu também os 3 pontos conquistados na 1ª Parte através de uma penalidade aos postes!
A Agronomia vinha de uma vitória bem expressiva frente ao Cascais e queria continuar a igualar o números de jogos realizados com vitórias. Conseguiu de forma bem "suada" mas fizeram por isso, principalmente pela forma como conseguiram reagir na 2ª Parte à desvantagem (3-22). O vento era de facto forte e ainda por cima jogavam contra ele na 1ª Parte, mas não se compreende como é que a Agronomia entrou tão mal a defender, principalmente nas linhas atrasadas. De referir que 2 dos 3 ensaios marcados na 1ª Parte por parte do Direito, foram por falhas claras nas placagens dos jogadores da casa ao homem que transportava a bola. Com Cardoso Pinto a titular a Agronomia não conseguia fazer uso do seu belo pontapé, aliás, os Agrónomos só viriam a marcar uma penalidade aos postes na 1ª Parte, que apesar de tudo foi fundamental nos "números" da vitória! De referir que a Agronomia não perdeu nenhuma "melee", mas sentiram muitas dificuldades nessa formação estática, já que eram claras as dificuldades de Luís Pissara em abrir a bola para os 3/4. Vimos muitas das vezes o poderoso nº8 Conrad a ter que ser ele próprio a sair com ela, embora por vezes era opção táctica! Na 2ª Parte a Agronomia ficou com o vento a favor, mas talvez o intervalo tenha sido o maior responsável pela reviravolta, pois a Agronomia parecia claramente outra equipa, fizeram muita pressão na saída de bola dos "advogados". Souberam aproveitar os erros do adversário já que os dois primeiros ensaios marcados foram conseguidos através de uma bola perdida do Direito nos seus "22" e de uma "Touche" perdida do Direito também nos seus "22". Além disso os pontapés de Cardoso Pinto começaram a criar dificuldades nas linhas atrasadas do Direito que punham poucos homens nas partes mais recuadas do terreno. Por outro lado a equipa ganhou claramente uma maior agressividade a defender, mas também atacar já que na 1ª Parte o jogo ofensivo da Agronomia era lento, com erros e era muito denunciado, aliás os "turn overs" que o Direito conseguiu, foram quase todos na 1ª Parte (8 no total). Um último comentário para os Avançados que na 2ª Parte conseguiram defender melhor e conseguiram também melhorar nos "ruck's" com especial destaque para Conrad e Jacques Roux, um nº8 e um "asa" muito difíceis de placar, com Conrad a entrar mais "baixinho" como há tempos tinha alertado que se ele o fizesse causava ainda mais dificuldades! De referir ainda que a Agronomia perdeu 5 "Touches" em 13 (1 das quais nos "22" do Direito), falhou 8 placagens em 38 (duas das quais deram ensaio ao Direito), mas conseguiu por 5 vezes conquistar a bola nos seus "22".

O Direito entrou no jogo com o objectivo claro da vitória. Na moeda ao ar o capitão do Direito escolheu campo, ou seja, quis começar a jogar com o vento a favor. Talvez não esperassem tantas facilidades no inicio do jogo, pois aos 17 Minutos já tinham feito o resultado da 1ª Parte. O Direito entrou de forma muito concentrada "fechando" muito bem as linhas de passe do adversário e defendendo com muito apoio nas linhas atrasadas. Depararam-se com uma Agronomia muito "mole" a defender, mas não se pode tirar o mérito a uma equipa que trabalhou muito bem nos Avançados com a transição da bola a ser muito bem feita nas linhas atrasadas com vários jogadores a surgirem "lançados". Como já aqui foi dito o Direito "mandou" nas "melee's" com uma primeira linha a entrar muito "baixinho". Por outro lado conseguiram anular os "ímpetos" ofensivos da famosa 3ª linha da Agronomia. Foram muito inteligentes nesse capítulo bem como nas jogadas ofensivas aproveitando uma certa desorganização da Agronomia. Mas nem tudo são "rosas", pois ainda na 1ª parte não conseguiram nos últimos minutos dilatar a vantagem pois falharam algumas bolas nos "22" do adversário e o exemplo disso são as 5 bolas conquistadas nessa área por parte dos homens da casa. Na 2ª Parte além da reacção do adversário e do vento "contra" a equipa pareceu "adormecer" um pouco apesar de nos primeiros minutos ter conseguido afastar o jogo do seu meio campo. Mas após uma bola "perdida" nos seus "22" e uma "Touche" perdida o Direito permitiu ao adversário aproximar-se de forma muito rápida. Apesar de tudo o Direito consegue reagir à desvantagem com os Avançados novamente muito bem a trabalhar o ruck, depois de jogar uma penalidade à mão perto da linha dos "22" da Agronomia, mas não conseguiram resistir ao vento e ao "pontapé" de Cardoso Pinto que começava aparecer no jogo. De referir ainda que o Direito perdeu duas bolas nos seus "22" (como já aqui foi dito, uma dessas perdidas deu ensaio da Agronomia), perdeu 7 "Touches" em 13 (2 nos "22" da Agronomia e 1 que deu ensaio dos Agronomos) e por outro lado conseguiu ganhar por 7 vezes a bola nos seus "22". Apesar de tudo o Direito leva para casa 2 pontos de bónus já que marcou 4 ensaios e perdeu apenas por 1 ponto!



Resumo do Jogo:


O vento jogava a "favor" do Direito e como tal aos 4 minutos o Direito marca o seu primeiro ensaio após instalar-se no meio campo do adversário com o jogador da Agronomia a falhar a placagem ao homem que viria a marcar o ensaio. O Pontapé foi convertido. Aos 8 minutos a Agronomia reage e consegue converter uma penalidade aos postes com uma das poucas jogadas de ataque bem conseguidas das linhas atrasadas que assistimos na 1ª Parte. Aos 11 minutos o Direito consegue converter uma penalidade aos postes. Aos 14 minutos o Direito volta a marcar ensaio com os Avançados a trabalharem bem no "ruck" criando vários pontos de fixação antes de o jogo ser aberto até à "ponta". O pontapé foi convertido. Aos 17 minutos uma "auto-estrada" aberta pelos homens da casa permite ao Direito fazer o seu 3º Ensaio. O pontapé não foi convertido.


Fim da 1ª Parte: Agronomia - 3; Direito - 22


Agora era a vez da Agronomia jogar com o vento a favor. Aos 50 minutos e após os homens do Direito perderem uma bola nos seus "22" os Agrónomos conseguem chegar ao seu primeiro ensaio. O pontapé foi convertido. Aos 55 minutos os homens da casa aproveitam uma "Touche" perdida do Direito nos seus "22" para reduzir a diferença marcando mais um ensaio. O pontapé não foi convertido. Aos 61 minutos e já a pensar no resultado a Agronomia beneficia de uma penalidade aos postes que Cardoso Pinto converte. Aos 67 Minutos a Agronomia passa para a frente do marcador com a marcação de um ensaio, após jogar penalidade à mão. O pontapé foi convertido. O Direito reage logo a seguir e aos 69 minutos após uma falta no "ruck" por parte de um jogador da casa o Direito joga à mão a penalidade e consegue passar novamente para a frente do marcador. O pontapé não foi convertido. Aos 71 Minutos Cardoso Pinto daria a vitória aos da casa com a conversão de uma penalidade aos postes. Ainda antes do fim do jogo há uma tentativa de "drop goal" por parte de Cardoso Pinto (76 Minutos) e duas penalidades aos postes não convertidas 77 minutos e 81 minutos respectivamente pelo mesmo jogador!


Fim da 2ª Parte: Agronomia - 25; Direito - 5


Fim do Jogo: Agronomia - 28; Direito - 27



Estatística:



Agronomia Geral Direito
28 Resultado 27
3 Ensaios 4
2 Conversões 2
3 Penalidades "Postes" 1
0 Drop Goal 0
3 1ª Parte 22
25 2ª Parte 5

Agronomia Situações de Jogo Direito
10 "Melee Ganhas" 8
0 "Melee Perdidas" 1
8 "Touches" Ganhas 7
5 "Touches Perdidas" 6
20 Penalidades Concedidas 10
6 Penalidade "à Mão" 2
9 Penalidade "à Touche" 7
5 Penalidade "Postes" 1
3 "Mauls" Ganhos 2
30 Placagens bem sucedidas 33
8 Placagens falhadas 13
79% % Placagem 71.7%
4 "Turn Overs" 8
8 Erros 9
4 Vantagem 4
0 Vantagem "progressão" 2
4 Vantagem não aproveitada 2
0 Bola Perdida "22" 2
5 Bola Ganha "22" 7



Ao Minuto:



Inicio do Jogo: 16h04

4 Minutos - Ensaio e pontapé convertido - Direito
Penalidade "Postes" Convertida - Agronomia
8 Minutos - Penalidade "Postes" Convertida - Agronomia
11 Minutos - Penalidade "Postes" convertida - Direito
14 Minutos - Ensaio e pontapé convertido - Direito
17 Minutos - Ensaio e pontapé não convertido - Direito

Fim da 1ª Parte: 16h44

Inicio da 2ª Parte: 16h50

42 Minutos - Substituição - Direito
50 Minutos - Ensaio e pontapé convertido - Agronomia
53 Minutos - Substituição - Direito
55 Minutos - Ensaio e pontapé não convertido - Agronomia
61 Minutos - Penalidade "Postes" Convertida - Agronomia
64 Minutos - Substituição - Agronomia
67 Minutos - Ensaio e pontapé convertido - Agronomia
69 Minutos - Ensaio e pontapé não convertido - Direito
71 Minutos - Penalidade "Postes" convertida - Agronomia
76 Minutos - Drop Goal não convertida - Agronomia
77 Minutos - Penalidade "Postes" não convertida - Agronomia
81 Minutos - Penalidade "Postes" não convertida - Agronomia

Fim do Jogo: 17h31


P.S. Foto retirada do blog do CDUL (www.cdul.blogspot.com) onde poderão ver mais fotos deste jogo!


7 comentários:

Anónimo disse...

Grande jogo de rugby! Grandes jogadores! Grande árbitro! Grande público! Parabéns a todos!

Anónimo disse...

"fechando muito bem as linhas de passe do adversário" ?!?!?!?

luis sa disse...

Sim, fazendo grande pressão obrigando os jogadores da Agronomia a "guardar" não conseguindo fazer o passe!
Poderá não estar correcto admito...

Anónimo disse...

permita me q discorde da sua analise quando diz q a agronomia defendeu mal nos tres quartos na primeira parte, já q a meu ver,q tb estava no campo,a principal pexa da defesa agronoma nos primeiros 40 minutos foi sem duvida a defesa ao lado dos rucks,onde punha muitos jogadores q depois n estavam disponiveis para defender no jogo ao largo.
Por outro lado a falta de efectividade nas placagens de alguns jovens jogadores agronomos na primeira parte tambem terá contribuido para a entrada de rompante da equipa de monsanto.
No mais,2 grandes equipas,muitos bons jogadores,uma excelente tarde de rugby a provar q o nosso campeonato tem qualidade!
Parabens pelo seu blogue

luis sa disse...

Claro que "permito" a discordância e até lhe digo que tem alguma razão. De facto e eu isso referi, a Agronomia sentiu muitas dificuldades no "ruck", mas por exemplo na 2ª parte notou-se uma grande diferença nos 3/4 e não foi só por causa do vento!
Concordo plenamente quando fala numa excelente tarde de rugby. Foi uma tarde muito bem passada não haja a mínima dúvida, isto para não falar do CDUL-Técnico que foi também um bom jogo!

João Nunes disse...

luis, o próximo jogo da Agronomia é na Quinta-feira às 20h30 contra o Beleneneses. Apareça por lá para a habitual crónica. Parabéns pelo blog.

Tio do Justiceiro disse...

Boa reportagem !

Cumprimentos