sábado, fevereiro 09, 2008

Direito - 7 ; Benfica - 19


Introdução:

Depois de um fim-de-semana sem campeonato por causa da deslocação da nossa Selecção a Tiblissi, fui até Monsanto para assistir ao Direito vs Benfica. De entre os vários jogos desta jornada este seria talvez aquele com desfecho mais incerto. O Benfica ganhou com todo o mérito já que soube aproveitar os erros do adversário e por outro lado demonstrou maior eficácia defensiva.

Não se adivinhava um jogo nada fácil para os homens da casa, já que o adversário precisava de pontos para continuar a sonhar com o acesso à "Final Four". O Direito iniciou bem a partida com um jogo muito apoiado e rapidamente instalava-se no meio campo do adversário. Contudo além de se terem deparado com uma defesa muito sólida os "Advogados" não estavam a ser eficazes na conquista de pontos já que algumas combinações ofensivas nos 3/4 não estavam a resultar. O Direito em vez de avançar no terreno recuava alguns metros para manter a posse de bola. Apesar de tudo os homens da casa não deixavam os encarnados sair do seu meio campo defensivo e na primeira vez que o Benfica falhou placagens o Direito conseguiu chegar ao ensaio. Mas começavam a surgir algumas fragilidades nomeadamente na defesa, já que o Benfica alguns minutos depois consegue chegar ao ensaio graças a uma bola perdida nos "22" pelo seu "arriere". Aliás este foi um jogo que teve alguns momentos confusos e a comprovar isso estão os "turn over's", as bolas ganhas e perdidas nos “22” registados nesta partida. Para piorar ainda mais o cenário o Direito vê o adversário tomar vantagem no marcador mesmo no final da 1ª Parte com culpas novamente para a defesa do Direito que não conseguiu sacudir a pressão perto da sua linha de "22". Na 2ª Parte as coisas voltaram a não correr bem, principalmente nos primeiros minutos já que o adversário poderia ter-se distanciado mais no marcador, já que o Direito não conseguia ter a posse de bola e domínio territorial. Contudo as placagens estavam a ser eficazes e o Direito aos poucos ia equilibrando a partida principalmente a partir dos 15 minutos da 2ª Parte. Mas estava destinado que os erros iam ser determinantes neste jogo e a 10 minutos do final mais um erro da defesa com a falta de apoio nos 3/4 permitiu mais um "turn over" e correspondente ensaio. De referir que o Direito ganhou 12 "Touches" num total de 18 (66, 7%), ganhou por 4 vezes a bola nos seus "22" e das 65 placagens efectuadas, falhou 12, enquanto que 53 foram bem efectuadas (81, 54%).

O Benfica vinha de uma vitória confortável, mas perdeu um jogador muito influente na estratégia da equipa, Filipe Grenho, que estava a fazer uma excelente temporada. Aproveito a oportunidade para lhe desejar rápidas melhoras.
Foi de facto um inicio de jogo complicado para os encarnados, mas demonstraram uma grande eficácia a defender, especialmente nas placagens onde se viu mais a placagem às "pernas". Contudo o Benfica sentia algumas dificuldades na 1ª Linha, já que na "melee" a vantagem era do adversário. Apesar do ensaio sofrido aos 17 Minutos o Benfica começava a reagir imprimido um maior ritmo nos 3/4 e com o apoio a ser mais eficaz. O jogo equilibra-se em termos de posse de bola e domínio territorial, mas a eficácia no ataque não estava a ser completamente feliz. Os erros pagam-se caros e o Benfica soube aproveitar bem esse aspecto. Sem querer tirar o mérito aos jogadores encarnados, já que souberam pressionar no momento em que o jovem "arriere" do Direito tentou agarrar a bola (lance do 1ª ensaio) o jogo acabou por se decidir nestes pormenores. Mas mais importante do que isso foi claramente o ensaio marcado pelo "ponta" Miguel Teixeira no final da 1ª Parte, em descontos (43 Minutos), já que isso deu além da vantagem no marcador uma grande dose de motivação e isso verificou-se no inicio da 2ª Parte onde o Benfica podia ter dilatado ainda mais a vantagem, só que além de se terem deparado com uma defesa muito sólida e bem organizada faltou alguma "calma" no momento de marcar ensaio. Menos eficazes em termos de placagens na 2ª Parte, mas mesmo assim souberam parar bem o adversário e marcar mais um ensaio graças também ao sentido de oportunidade do seu "ponta" Miguel Teixeira. De refeir que os encarnados ganharam 17 "Touches" num total de 19 (89, 47%), ganharam por 8 vezes a bola nos seus "22" e das 77 placagens efectuadas, falharam 11, enquanto que 66 foram bem sucedidas (85, 71%).



Minuto a Minuto:


Inicio do Jogo: 14h57



13 Minutos - Cartão Amarelo - Benfica


17 Minutos - Ensaio e Pontapé Convertido - Direito


21 Minutos - Cartão Amarelo - Direito


26 Minutos - Penalidade e Pontapé Não Convertido - Direito


33 Minutos - Ensaio e Pontapé Convertido - Benfica


43 Minutos - Ensaio e Pontapé Convertido - Benfica





Fim da 1ª Parte: 15h40


Resultado da 1ª Parte: Direito - 7 ; Benfica - 14



Inicio da 2ª Parte: 15h46


70 Minutos - Ensaio e Pontapé Não Convertido - Benfica



Fim do Jogo: 16h28


Resultado da 2ª Parte: Direito - 0 ; Benfica - 5


Resultado Final: Direito - 7 ; Benfica - 19


Estatística:




DIREITO - Geral - BENFICA
7 - Resultado - 19
1 - Ensaios - 3
1 - Conversões - 2
0 - Penalidades "Postes" - 0
0 - Drop Goal - 0
7 - 1ª Parte - 14
0 - 2ª Parte - 5




DIREITO - Situações de Jogo - BENFICA
7 - "Melee Ganhas" - 7
0 - "Melee Perdidas" - 1
12 - "Touches" Ganhas - 17
6 - "Touches Perdidas" - 2
14 - Penalidades Obtidas - 12
5 - Penalidade "à Mão" - 1
8 - Penalidade "à Touche" - 10
1 - Penalidade "Postes" - 0
2 - "Mauls" Ganhos - 11
56 - "Ruck's Ganhos - 51
53 - Placagens bem sucedidas - 66
12 - Placagens falhadas - 11
81,54% - % Placagem - 85,71%
10 - "Turn Overs" - 12
6 - Erros - 6
10 - Linha da Vantagem "ultrapassada" - 13
1 - Fases Estásticas - 4
9 - Restantes - 9
2 - Bola Perdida "22" - 4
4 - Bola Ganha "22" - 8


1ª Parte

DIREITO - Situações de Jogo - BENFICA

5 - "Melee Ganhas" - 1
0 - "Melee Perdidas" - 1
6 - "Touches" Ganhas - 10
3 - "Touches Perdidas" - 1
6 - Penalidades Obtidas - 7
2 - Penalidade "à Mão" - 1
3 - Penalidade "à Touche" - 6
1 - Penalidade "Postes" - 0
2 - "Mauls" Ganhos - 6
19 - "Ruck's Ganhos - 23
28 - Placagens bem sucedidas - 27
8 - Placagens falhadas - 4
77,78% - % Placagem - 87,10%
4 - "Turn Overs" - 4
2 - Erros - 3
5 - Linha da Vantagem "ultrapassada" - 7
1 - Fases Estásticas - 1
4 - Restantes - 6
1 - Bola Perdida "22" - 1
2 - Bola Ganha "22" - 3


2ª Parte

DIREITO - Situações de Jogo - BENFICA

2 - "Melee Ganhas" - 6
0 - "Melee Perdidas" - 0
6 - "Touches" Ganhas - 7
3 - "Touches Perdidas" - 1
8 - Penalidades Obtidas - 5
3 - Penalidade "à Mão" - 0
5 - Penalidade "à Touche" - 4
0 - Penalidade "Postes" - 0
0 - "Mauls" Ganhos - 5
37 - "Ruck's Ganhos - 28
25 - Placagens bem sucedidas - 39
4 - Placagens falhadas - 7
86,21% - % Placagem - 84,78%
6 - "Turn Overs" - 8
4 - Erros - 3
5 - Linha da Vantagem "ultrapassada" - 6
0 - Fases Estásticas - 3
5 - Restantes - 3
1 - Bola Perdida "22" - 3
2 - Bola Ganha "22" - 5


P.S. Foto retirada de http://rugbyreport.blogspot.com/

6 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma excelente análise e crónica de um jogo de Rugby.

Estás de parabéns.

CDJ

o tal disse...

confirmo!!! parabens! SLB

Anónimo disse...

Antonio Aguilar na Bola, mais uma vez, erra no resultado da Agro. Nao há hipoteses, nao consegue mesmo disfarçar o seu anti-Agro! Foram 61, nao 42! Enfim...

Anónimo disse...

Mais uma vez, UM BOM COMENTÁRIO!

Vamos querer ler o teu comentário sobre o jogo do próximo sábado dos LOBOS. BOA!


Tenho a certeza que estarás à altura, de fazer um trabalho estatístico e um comentário, dos n/ Lobos!

A geração LOBOS, tambem tem que estar de fora dos relvados, comentadores, publico, adeptos e fãs.

(falta só saber AONDE e a que HORAS jogam) se por um acaso tiveres a informação, assim que souberes, diz-nos sff.

Bem hajas, atá sábado!
ACF

Anónimo disse...

cronica do cdul vai haver?

Anónimo disse...

Portugal- Rep Checa
Estadio universitário as 15h